sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

30 Dicas De Jack Kerouac Para Escrever


Desenho de bentjoelker

Escrever, mesmo que no conforto do lar, é uma tarefa hercúlea que exige muita concentração e esforço. Ainda num ambiente favorável podem se passar horas e horas e nada sair, a tela do word ou folhas de seu caderno podem continuar vazias por dias, semanas e até meses.

Nessas horas de desespero voltamos a ler os autores que tanto amamos para encontrar alguma "inspiração", um fio para podermos destrinchar em nossos textos. Não existem técnicas precisas e universais de escrita, cada pessoa tem suas próprias características, o que funciona para um pode ser um desastre na experiência do outro. Há quem escreva ouvindo música e mesmo quem escreva em frente a tv ligada, já outros só conseguem escrever isolados no porão ou de madrugada.

Ainda assim não custa nada vermos dicas de grandes escritores, pensando nisso as vezes trarei ao blog textos/listas de autores renomados sobre escrever. O autor nesse post é Jack Kerouac! Algumas dicas dele parecem um tanto complicadas de seguir, ou mesmo sem sentido para a maioria das pessoas, mas para alguns quem sabe funciona.


Crença & Técnica para Prosa Moderna
Por Jack Kerouac

1. Cadernos Secretos cheios de rabiscos, e furiosas páginas para seu próprio prazer.

2. Submisso a tudo, aberto, atento.

3. Tente nunca se embriagar fora de casa.

4. Ame sua vida.

5. Qualquer coisa que você sentir encontrará sua própria forma.

6. Seja um pirado santo – idiota da mente.

7. Vá fundo quanto quiser.

8. Escreva o que desejar, ilimitadamente, do fundo da sua cabeça.

9. As visões indizíveis do indivíduo.

10. Não perca tempo com poesia, escreva exatamente o que é.

11. Tiques visionários sacudindo o peito.

12. Em estática concentração, sonhar com o objeto à sua frente.

13. Elimine as inibições literárias, gramaticais e sintáticas.

14. Como Proust, seja um velho maconheiro do tempo.

15. Contar a história verdadeira do mundo do monólogo interior.

16. A pedra preciosa do foco do interesse é o olho dentro do olho.

17. Escreva lembrando, espantado, de si mesmo.

18. Trabalhe a partir da medula da atenção, nadando no mar da linguagem.

19. Aceite a perda definitiva.

20. Acredite no contorno sagrado da vida.

21. Lute para esboçar o fluxo que já existe no intacto da mente.

22. Não pense nas palavras, quando parar, mas procure ver melhor o quadro.

23. Não perca de vista todo o dia, a data que sua manhã anuncia.

24. Não tema nem se envergonhe da dignidade de sua experiência, linguagem e conhecimento.

25. Escreva para que o mundo leia e veja os retratos exatos que você faz dele.

26. Livro – é o filme em palavras, a forma visual americana.

27. Em louvor à Pessoa na Solidão Desolada e desumana.

28. Componha de forma selvagem, indisciplinada, pura, tudo vindo do fundo, quanto mais louco melhor.

29. Você é um gênio o tempo inteiro.

30. Autor – Diretor de filmes Terrestres, Patrocinados & Santificados no Céu.

Fonte: novelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Top