quinta-feira, 22 de março de 2018

Fatti Sentire: sonoridade própria, baladas explosivas e a experimentação de ritmos urbanos

Laura Pausini em photoshoot para o álbum Fatti Sentire


No dia 16 de março, aconteceu o lançamento do álbum Fatti Sentire (Hazte Sentir versão em castelhano para os países falantes da língua espanhola) para mais de 60 países. O CD marca o retorno da cantora italiana Laura Pausini desde o seu último álbum de canções inéditas Simili/Similares (2015), além do recém projeto natalino Laura Xmas/Laura Navidad (2016). O atual projeto também marca o primeiro CD, após a renovação de contrato assinado com a Warner Music. Novas questões envolvendo a promoção do disco e a divulgação da cantora já são nítidas na nova parceria com a gravadora.

Apenas para contextualizar, Fatti Sentire é o 13º álbum de estúdio da cantora italiana. Laura já vendeu mais de 70 milhões de discos por tudo mundo. A artista, que canta em espanhol, francês, inglês, italiano e português, tem popularidade na Europa e América Latina. Ao longo da carreira, houve a conquista de um Grammy Awards no ano de 2006, além de três Latin Grammys nos anos de 2005, 2007 e 2009. Soma-se outros prêmios como o World Music Awards (considerado o Grammy europeu), Lo Nuestro (México) e Cadena Dial (Espanha). Vale ressaltar que ano passado, Similares recebeu indicação ao Grammy Awards na categoria “Melhor Álbum Pop Latino”, no entanto perdeu para Un Besito Más da dupla mexicana Jesse & Joy. Além disso, Laura atua como jurada em programas como The Voice Espanha, The Voice México e La Banda (EUA). Em entrevista a Billboard no mês de fevereiro, a cantora afirmou receber propostas do mesmo gênero de atrações no Brasil e França. Vamos Esperar!

Laura Pausini, Maluma, Yuri e Carlos Vives como coaches do The Voice México 2017

Pois bem, retornando para a apresentação do disco, eu na posição de fã, confesso que fiquei satisfeito com o novo trabalho. Fatti Sentire é um álbum com essência Pop/Rock. Formado por 14 canções, acordes fortes acompanham as letras que tratam do comportamento e cotidiano humano, desde o término de um relacionamento amoroso (Non è detto/Nadie ha dicho) até a coragem para seguir em frente e tocar projetos próprios (Il coraggio di andare/El valor de seguir adelante).

Preciso destacar aqui a sonoridade própria do CD. Fatti Sentire tem seu som característico que define essa nova era de Laura Pausini. Ao escutar cada uma das canções se percebe aspectos sonoros semelhantes e identitários nas 14 faixas. É claro que o álbum flerta com outros trabalhos da cantora, sobretudo Inedito (2011), sons intensos de guitarra se sobressaem nesse projeto. Além disso, a poderosa balada No river is wilder dialoga com o longínquo From the inside (2002), único álbum de inéditas em inglês da artista. Friso aqui a minha felicidade, porque amo vê-la cantando em inglês. Outras faixas do atual CD se vinculam a trabalhos anteriores, como Un progetto di vita in comune/Un proyecto de vida en común me recordou canções originárias do Primavera In Anticipo (2008), Francesca (piccola aliena)/Francesca transmite uma emocionante mensagem de despedida presente nos álbuns Primavera In Anticipo e Inedito.



Como primeiro single que antecedeu o lançamento do álbum, Non è detto/ Nadie ha dicho representou uma escolha ousada, mas assertiva. Ousada, porque as baladas românticas, não estão em alta como há anos atrás, e assertiva, uma vez que, reafirma o estilo que Pausini domina há mais de 20 anos. O videoclipe foi divulgado no mesmo dia da canção, 26 de janeiro, e trouxe uma pessoal conquista à cantora: 1 milhão de visualizações em apenas 1 dia. A faixa tem composição Niccolò Agliardi (parceiro de importantes sucessos, como Invece No e Simili) e musicalidade de Laura Pausini, Edwyn Roberts, Gianluigi Fazio. Em entrevistas, Laura contou que o diferencial da música é falar do fim de um relacionamento a partir do ponto de vista daquele que terminou.

Além da citada No river is Wilder, destaco aqui também Nuevo/Novo (atual single no Brasil), Frasi a metà/ Verdades a medias (próximo single em Itália), Fantastico (fai quello che sei)/Fantástico (Haz lo que eres), E.sta.a.te/Está.allá, Il caso è chiuso/El caso está perdido, Zona d'ombra/Niebla gris como as minhas preferidas.


Em Nuevo, Laura volta a experimentar ritmos urbanos e com uma pegada mais latina. Para quem acompanha o trabalho da italiana sabe que isso não é primeira vez, basta lembra de La mia banda suona il rock (2006) e Innamorata (2015), canção que inclusive recebeu certificado de ouro na Itália. A canção é composta pela própria Laura ao lado de Yoel Henriquez, os arranjos ficaram por conta de Daniel Vuletic. Com um ritmo fresco e contagiante, a música ganhou uma versão em português, Novo, além da participação da dupla brasileira Simone e Simaria. Ao meu ver, a contribuição das meninas valorizou muito a letra, além de deixar mais próxima do nosso povo. A dupla tem prestígio aqui e está em alta, o que contribui na visibilidade de Laura. Outra ponto é que o dueto também é fundamental para apresentar as brasileiras ao público estrangeiro, sobretudo, Europa e América Latina, locais de popularidade da italiana.

Capa do álbum Fatti Sentire

Outras duas canções que preciso destacar é E.sta.a.te e Zona d’ombra. Apesar da melodia diferente, ambas têm uma semelhança por brincar com a linguagem, e eu achei o maior barato. E.sta.a.te, assim mesmo separado por pontos (.) significa algo como “depende de você” ou “cabe a você”, já reunindo cada uma das letras forma a palavra “estate” que significa “verão”. Enquanto a segunda composição, Zona d’ombra, além de ter um ritmo dançante mistura italiano com um refrão em inglês: You are beautiful as I know you. A canção me fez lembrar Mi abbandono a te (2004), outra música de Laura que ela manteve o refrão em inglês. A estratégia foi para manter a ideia original da composição presenteada por Madonna.

É válido mencionar o time de produtores e compositores de renome internacional presente no disco. Le due finestre tem entre seus compositores Nikki Williams que já trabalhou ao lado de Demi Lovato. A parceria registrada com Lato destro del cuore (2015) com Rik Simpson foi repetida nas músicas Un progetto di vita em comune e Il caso è chiuso. O produtor atua com Coldplay há anos, contribuindo com os sucessos Viva La Vida, A Head Full Of Dreams (2015), e Kaleidoscope (2017).

Não só o álbum veio recheado de novidades em musicalidade, mas a própria divulgação promovida pela Warner está diferente. Além do lançamento do single Non è detto, houve a saída de dois singles promocionais Fantastico (Fai quello che sei) e Un progetto di vita em comune. A primeira é dançante e gostosa, além de ter colaboração de Virginio Simonelli que contribuiu com Limpido (2013). Já a outra tem uma essência mais Pausini. A letra também teve a participação de Cheope, autor de importantes hits da cantora, como E ritorno da te (2001).

Laura a bordo do voo da Alitalia

A estratégia de divulgar mais canções antes da saída do álbum representa uma atualização às práticas atuais de marketing, outros cantores de projeção internacional já utilizam. Vale pontuar aqui também que o lançamento do álbum no dia 16 ocorreu de forma inusitada. A bordo de um voo exclusivo da Alitalia, a cantora apresentou o disco em uma conferência destinada a imprensa.

Além da promoção na Itália com participação de programas de TV e Rádio e entrevistas. Laura segue próxima semana para a França, país em fará show no dia 20 de agosto, além de seguir por outros países europeus. Em maio, ela retorna ao Brasil. Será se teremos um encontro com as colequinhas ao vivo? Resta aqui esperar!

Fatti Sentire está disponível em todas as lojas online. Em apenas dois dias, já era o sexto álbum mais comprado no mundo, por meio da plataforma Itunes.

Bentornata regina mia!

*Imagens: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Top